sábado, 21 de fevereiro de 2015

O Pastor que Dizia Ter Pênis Abençoado - Verdadeiro ou Falso?


A seguinte notícia se tornou viral desde o começo do mês. É claro que, hoje em dia, nada mais nos surpreende, mas será que um pastor chegaria a esse ponto?

Veja a notícia que foi um dos assuntos mais comentados nos blogs e  redes sociais nas últimas semanas:


"O pastor Valdecir Picanto Sobrinho, de 59 anos, foi preso no interior de Goiás, sob a acusação de abusar sexualmente das mulheres da cidade afirmando que teria o pênis abençoado.

“Ele dizia que Deus só entraria em nossa vida pela boca… ele pedia para a gente fazer sexo oral nele até o espírito santo aparecer por meio da ejaculação”, relatou uma jovem de 23 anos, que preferiu não se identificar.

Segundo o site cofemac, Valdecir chegou a abusar de algumas idosas, mas se defendeu afirmando que teve um encontro com Jesus e que Ele lhe deu a missão de “distribuir o leite sagrado” por todo o estado, começando pelos fiéis da Assembléia, do qual é responsável. “Vocês estão prendendo um servo do Senhor e ainda se arrependerão disso. Espero poder continuar com meu belíssimo trabalho dentro da prisão”, disse Valdecir.

O “Pastor” foi pego em flagrante enquanto esfregava seu “membro abençoado” no rosto de uma comerciante local, em que prometia mais vendas em seu negócio caso deixasse ser derramada pelo líquido divino.

A delegada Denise Pinheiro, responsável pela região, disse que ele não ofereceu resistência e ainda perguntou se ela queria fazer parte do reino dos céus durante o trajeto para a delegacia. “Ele não tem vergonha de tais atos e acha tudo isso a coisa mais normal do mundo”, completou.

Valdecir foi liberado após pagar fiança e prestar 3 horas de depoimento."


Verdadeiro ou Falso?

É falso! Segundo o site E-Farsas.com, tudo não passou de uma brincadeira de um blog humorístico.


No dia 26 de outubro de 2012, o blog humorístico Jesus Manero publicou a matéria fictícia sobre o tal pastor que teria sido preso em Aporé.

Quem aparece na foto da noticia falsa é, na verdade, Edson Alves da Costa Filho, um pastor evangélico acusado de pedofilia, o que não deixa de ser um absurdo.

Os redatores do Jesus Manero pegaram emprestada a foto dessa matéria que podemos ver no blog Paulopes.

3 comentários:

Dicas e sugestões serão bem vindas. Fique à vontade para comentar