quinta-feira, 12 de junho de 2014

A batida de carro em maior velocidade


Donald Campbell era o filho único de Sir Malcolm Campbell, um piloto que possuía 13 recordes de velocidade. Mesmo após a morte do seu pai, o corredor continuava tentando continuar seu legado e, em 16 de setembro de 1960, isso quase custou sua vida. Na época, outro britânico chamado John Cobb havia chegado à marca de 634 km/h, quebrando o recorde de velocidade em terra anterior.

Certo de que seu carro Bluebird CN7 poderia passar dos 643 km/h, Donald estava em sua sexta corrida de teste nos Bonneville Salt Flats, no estado norte-americano de Utah, quando perdeu o controle do veículo a 586 km/h. A força da estrutura do automóvel salvou a vida dele, mas não impediu que ele sofresse uma fratura no crânio e um rompimento de tímpano.


Ele voltou a correr alguns meses depois, mas foi só em 1964 que seu carro conseguiu estabelecer o recorde de 648,5 km/h. Donald então voltou seus olhos para a marca aquática e acabou falecendo em 4 de janeiro de 1967, quando seu Bluebird K7 se acidentou a mais de 480 km/h. Seu corpo permaneceu no fundo do lago Coniston Water até ser encontrado em 2001.

Fonte: Megacurioso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dicas e sugestões serão bem vindas. Fique à vontade para comentar