terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Mão Implantada no Tornozelo


Médicos chineses salvaram a mão decepada de um homem enxertando-a no seu tornozelo. A ideia era manter o sangue circulando para que futuramente ela pudesse ser recolocada em seu braço.
Xiao Wei perdeu a mão direita em um acidente de trabalho, mas não podia recolocá-la em seu braço imediatamente. Por conta disso, a mão foi mantida viva costurada em seu tornozelo esquerdo, onde poderia receber suprimento de sangue das artérias da perna. Um mês depois, os cirurgiões foram capazes de remover a mão e replantá-la de volta em seu braço.

De acordo com o relatório médico, Wei terá que passar por várias outras operações, mas os profissionais estão esperançosos de que ele recuperará a função total da mão.

A lesão de Wei foi grave. Além dos ferimentos, o braço também foi enfraquecido. Os médicos tiveram que limpar e tratar seus machucados antes de fazer a cirurgia na mão.

Há muitas razões para que um cirurgião não queira ou seja capaz de recolocar a mão imediatamente de volta em seu lugar legítimo. Por exemplo, o paciente pode não estar apto para a cirurgia. Pode demorar entre oito e quinze horas para um cirurgião qualificado recolocar uma mão em seu devido local. Se o paciente não estiver bem, a cirurgia pode matá-lo.


Para não perder a mão, no entanto, o fator vital é mantê-la viva. No gelo, pode sobreviver por um tempo, mas poucos cirurgiões aceitariam reimplantar uma mão que tenha sido separada por mais de algumas horas do corpo, porque o músculo dentro dela morreria. Enxertá-la em outra parte do corpo é uma opção muito melhor.

De acordo com Cairian Healy, do Royal College of Surgeons da Inglaterra, embora procedimentos como esses sejam raros, não são inconcebíveis. “Os chineses são muito experientes em microcirurgia”, disse. “E o conceito de poupar uma parte do corpo decepada anexando-a em outra parte do corpo para dar-lhe um suprimento de sangue é bem reconhecido”.


No entanto, Healy afirma que o tornozelo é um lugar difícil de se enxertar. Geralmente, cirurgiões preferem a axila, pois o suprimento de sangue é melhor.

Ele disse que, infelizmente, nem todos os reimplantes são um sucesso. Alguns pacientes não gostam do resultado final, podendo depois optar pela amputação por causa de efeitos colaterais, como dor e rigidez.


Mais Bizarrices Parecidas


Outro chinês, Xiaolian, de 22 anos, sofreu um acidente de trânsito em agosto de 2012 e não tratou corretamente sua ferida. A infecção destruiu a cartilagem de seu nariz, deixando os médicos sem alternativa senão utilizar outra parte do corpo para reconstruir o membro. Resultado: um novo nariz cresceu na sua testa.


Em um procedimento parecido, um cidadão britânico de 56 anos perdeu seu nariz para um câncer de pele, e os médicos decidiram crescer um novo no seu braço. Além do nariz, orelhas já foram crescidas a partir da pele do braço de pacientes.


Um rapaz chega a unidade de emergência dizendo que havia caído embaixo do seu próprio cortador de grama, que por consequência rasgou sua calça, e claro, seu pênis.

O cirurgião disse que era possível  sim colocar o amiguinho do cara de volta no lugar, porém sua virilha estava muito danificada (afinal, um cortador de grama passou ali né) e teria que esperar algum tempo, até que as partes baixas estivesses em boas condições para o procedimento. Clique aqui para ver o post completo.

Fontes: Hypescience.comhttp://dossiedofelipe.blogspot.com.br

3 comentários:

  1. Muito bizarro isso! Mas salva algumas pessoas de ficarem aleijadas, então é boa coisa!

    ResponderExcluir
  2. Otimo post . Parabens

    ResponderExcluir

Dicas e sugestões serão bem vindas. Fique à vontade para comentar