terça-feira, 19 de novembro de 2013

O Livro Perdido de Enki - Download


Link para download no final do post!

Se você costuma ler sobre os Anunnakis, Alienígenas do Passado, Antigas placas e inscrições Sumérias, você com certeza já deve ter ouvido falar do Livro Perdido De Enki. Trata-se de uma tradução de antigas placas sumérias feita por Zecharia Sitchin e publicado com o título “O Livro Perdido de ENKI”. Nessas crônicas ele fala sobre a criação de um híbrido terrestre-alienígena através de engenharia genética. (Clique aqui para saber mais).

Acompanhe um trecho do livro:

"Faz 445.000 anos que astronautas de outro planeta chegaram à Terra
em busca de ouro.
Depois de aterissar em um dos mares da Terra, desembarcaram e
fundaram Eridú, “Lar na Lonjura”. Com o tempo, o assentamento inicial
se estendeu até converter-se na flamejante Missão Terra, com um
Centro de Controle de Missões, um espaçoporto, operações mineiras e,
inclusive, uma estação orbital em Marte.

Escassos de mão de obra, os astronautas utilizaram a engenharia
genética para dar forma aos Trabalhadores Primitivos - o Homo sapiens.
Mais tarde, o Dilúvio varreu a Terra em uma imensa catástrofe que fez
necessário um novo começo; os astronautas se converteram em deuses
e lhe concederam a civilização à Humanidade, transmitindo-lhe através do culto.

Depois, faz uns quatro mil anos, todo o conseguido se desmoronou em
uma catástrofe nuclear provocada pelos visitantes no transcurso de
suas próprias rivalidades e guerras.
Todo o ocorrido na Terra, e especialmente os acontecimentos
acontecidos do início da história do ser humano, recolheu-o Zecharia
Sitchin em sua série de Crônicas da Terra, à partir da Bíblia,
de tabuletas de argila, de mitos da Antigüidade e de descobrimentos
arqueológicos. Mas, o que ocorreu antes dos acontecimentos na Terra,
o que ocorreu no próprio planeta dos astronautas, Nibiru, que lhes levou
às viagens espaciais, a sua necessidade de ouro e à criação do Homem?

Que emoções, rivalidades, crenças, morais (ou ausência destas)
motivaram aos principais protagonistas nas sagas celestes e espaciais?
Quais foram as relações que levaram a uma escalada da tensão no
Nibiru e na Terra, que tensões surgiram entre velhos e jovens, entre os
que haviam chegado de Nibiru e os nascidos na Terra? E até que ponto
o acontecido vinha determinado pelo Destino? Um destino cujo registro
de acontecimentos do passado guarda a chave do futuro?
Não seria prometedor que um dos principais protagonistas, uma
testemunha presencial que podia distinguir entre Sorte ou Fado e
Destino, registrasse para a posteridade o como, o onde, o quando e o
porquê de tudo, os Princípios e os Finais?
Pois isso é, precisamente, o que alguns deles fizeram; e entre os
principais destes esteve o líder que comandou o primeiro grupo de astronautas!

Tanto peritos como teólogos reconhecem na atualidade que os relatos
bíblicos da Criação, de Adão e Eva, do Jardim do Éden, do Dilúvio ou
da Torre de Babel se apoiaram em textos escritos milênios antes
na Mesopotâmia, em especial escritos pelos sumérios. E estes, por sua
vez, afirmavam com toda claridade que obtiveram seus conhecimentos
a respeito do acontecido no passado (muitos deles de uma época
anterior ao começo das civilizações, inclusive anterior ao nascimento da
Humanidade) dos escritos dos Anunnaki (“Aqueles Que do Céu à Terra
Vieram”), os “deuses” da Antigüidade..."

INTERESSANTE? CLIQUE AQUI PARA FAZER O DOWNLOAD DO LIVRO COMPLETO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dicas e sugestões serão bem vindas. Fique à vontade para comentar