quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Coulrofobia - Medo De Palhaços



O ser humano possui inúmeros medos, considerados fobias que causam grande panico em diferentes pessoas, nem sempre o que é motivo de medo para alguém, é de mesmo motivo para outra pessoa diferente.

Coulrofobia é o termo psiquiátrico usado para designar o medo de palhaços. É comum entre crianças, e às vezes também ocorre com adolescentes e adultos. Às vezes o medo é adquirido após experiências traumáticas com um indivíduo singular, ou após ver algum palhaço ameaçador na mídia.




Como    exemplos na ficção, temos o personagem Billy, do desenho animado As Terríveis Aventuras de Billy e Mandy; a personagem Velma, do desenho animado Scooby Doo, que declara o medo de palhaços no episódio em que o grupo deve enfrentar um vilão disfarçado de palhaço e ela se recusa a participar do caso inventando desculpas, como trabalhos de faculdade; Ben de Ben 10 ,Cory de As Visões da Raven, Chuckie de Os Anjinhos, Tonya de Todo Mundo Odeia o Chris, Sam Winchester da serie Supernatural, Seeley Booth, da série Bones e Wakko Warner dos Animaniacs; Kramer, da série Seinfeld,e o personagem da novela grachi axel.

                                      

Foi usado durante um bom tempo a figura de palhaços em casos hospitalares, pois acreditavam que eles poderiam ajudar no tratamento de crianças. Porem logo foi percebido que muitas dessas crianças tinham a imagem do palhaço de forma negativa, fazendo com que esse medo surja de aalgum tipo de trauma de infância, ou qualquer outra coisa ligada a memória.

Os maiores números de casos estão presentes nas crianças, podendo ter casos em adolescente e até mesmo adultos ao depararem-se com algum indivíduo vestido de palhaço, os portadores dessa fobia tem ataques de pânico, perda de fôlego, arritmia cardíaca, suores e náusea.



No vídeo acima, a participante da 11ª edição do Big Brother Brasil, a dançarina Janaína, teve um ataque de pânico ao ver outro participante, o administrador Daniel, caracterizado de palhaço para uma das festas. No dia seguinte, o apresentador Pedro Bial apresentou uma descrição para o episódio, relatando que a coulrofobia é mais comum do que se imagina.



A terapia de base comportamental é sem dúvida o meio mais eficaz de sanar estes problemas. Este outro vídeo mostra bem o uso da dessensibilização sistemática com uma cliente que, provavelmente, já estava em tratamento por algum tempo (afinal de contas, seria muita maldade colocá-la de frente à um palhaço logo na primeira sessão).

A ansiedade da mulher no vídeo baixa com o tempo, o que é a resposta esperada. A próxima vez que ela se deparar com um palhaço muito provavelmente sua reação será menos exagerada.

Fontes: http://www.eutanasiamental.com.brhttp://pt.wikipedia.orghttp://scienceblogs.com.brhttp://www.youtube.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dicas e sugestões serão bem vindas. Fique à vontade para comentar