sexta-feira, 13 de setembro de 2013

A Origem Da Sexta-Feira 13 + Curiosidades



Há muito tempo, certos dias ou épocas do ano são compreendidas como impregnadas de algum tipo de infortúnio ou má sorte. Atualmente, o encontro do dia 13 com a sexta-feira é repleto de lendas e crendices que deixam os mais supersticiosos de cabelo em pé. Como se não bastasse isso, o cinema norte-americano tratou de imortalizar esta data com uma seqüência de filmes de terror protagonizada por Jason Voorhees, um serial killer que ataca nessa mesma data.

Contudo, poucos sabem dizer qual é a verdadeira origem da “Sexta-feira 13”. De fato, as possibilidades de explicação para esta crença se encontram difundidas em diferentes culturas espalhadas ao redor do mundo. Uma das mais conhecidas justificativas dessa maldição conta que Jesus Cristo foi perseguido por esta data. Antes de ser crucificado em uma sexta-feira, o salvador das religiões cristãs celebrou uma ceia que, ao todo, contava com treze participantes.

Outra explicação sobre essa data remonta à consolidação do poder monárquico na França, especificamente quando o rei Felipe IV sentia-se ameaçado pelo poder e influência exercidos pela Igreja dentro de seu país. Para contornar a situação, tentou se filiar à prestigiada ordem religiosa dos Cavaleiros Templários, que, por sua vez, recusou a entrada do monarca na corporação. Enfurecido, segundo relatos, teria ordenado a perseguição dos templários na sexta-feira, 13 de outubro de 1307.




De acordo com outra história, a maldição da sexta-feira 13 tem a ver com o processo de cristianização dos povos bárbaros que invadiram a Europa no início do período medieval. Antes de se converterem à fé cristã, os escandinavos eram politeístas e tinham grande estima por Friga, deusa do amor e da beleza. Com o processo de conversão, passaram a amaldiçoá-la como uma bruxa que, toda sexta-feira, se reunia com onze feiticeiras e o demônio para rogar pragas contra a humanidade.

Reforçando essa mesma crendice, outra história de origem nórdica fala sobre um grande banquete onde o deus Odin realizou a reunião de outras doze importantes divindades. Ofendido por não ter sido convidado para o evento, Loki, o deus da discórdia e do fogo, foi à reunião e promoveu uma enorme confusão que resultou na morte de Balder, uma das mais belas divindades conhecidas. Com isso, criou-se o mito de que um encontro com treze pessoas sempre termina mal.

Apesar de tantos infortúnios associados a essa data, muitos a interpretam com um significado completamente oposto ao que foi aqui explicado. De acordo com os princípios da numerologia, o treze – por meio da somatória de seus dígitos – é um numeral próximo ao quatro, compreendido como um forte indício de boa sorte. Além disso, indianos, estadunidenses e mexicanos associam o número treze à felicidade e ao futuro próspero. [Fonte: Brasil Escola]



Curiosidades

Encontrei também algumas curiosidades sobre esta data no forum UOL Jogos, veja:

1 - A lenda mais famosa que explica o porquê de a sexta-feira 13 ser o dia de azar vem dos nórdicos. Segundo consta o mito, a deusa da beleza e do amor, Frigga, ganhou um dia para ser louvada (friggadag e, posteriormente, friday, do inglês, sexta-feira). Quando os nórdicos se converteram ao cristianismo, no entanto, padres transformara a deusa em bruxa e, por conta disso, a lenda conta que ela se reune com 11 feiticeiras e o demônio para se vingar. As reuniões, claro, acontecem às sextas-feiras (Reprodução) menos 

2 - Ter medo da sexta-feira 13 é algo bem sério, muito mais do que imaginamos. Tanto que há uma fobia desta data, que até já foi nomeada: é a paraskevidekatriafobia. O nome estranho tem sentido e se origina do grego, onde Paraskeví é sexta-feira e dekatreís é 13 (ThinkStock)

3 - Outras lendas também falam da origem da data: para os romanos, 13 é o número que significava morte, destruição e azar. Soma-se isso ao fato de, no século 14, a obra Os Contos de Canterbury considerar a sexta-feira como dia maldito e... Temos a sexta-feira 13, o pior dia possível (ThinkStock)

4 - Se você acredita que a sexta-feira 13 é um dia como outro qualquer, tudo bem. Mas muita gente no Brasil tem calafrios a esse dia porque foi em uma sexta-feira 13 de dezembro de 1968 que o governo militar aprovou o AI-5, o pior dos atos institucionais da ditadura militar brasileira (Estadão Conteúdo)

5 - Um estudo realizado em 2004 pela revista National Geographic revelou que nada menos do que US$ 1 milhão é perdido nos EUA durante a sexta-feira 13 porque existem muitas pessoas que simplesmente se negam a fazer qualquer tipo de negócio nesta data (AFP)

6 - Se hoje em dia vírus de computadores já criam muitas dores de cabeça, imagine em 1989. Foi em uma sexta-feira 13 de janeiro daquele ano que um vírus nomeado como Jerusalem contaminou grande parte dos PCs existentes na época. Ele diminuia a velocidade da máquina em até 90% e, por conta da data no qual foi lançado, ficou conhecido como Vírus da Sexta 13 (ThinkStock)

7 - Não gosta de sexta-feira 13? Pois em alguns lugares de Portugal a data é adorada. Na cidade do Porto, por exemplo, pessoas se reúnem para fazer festa e celebrar o dia. Teatros, fogueiras, banquetes e, é claro, bruxas fazem parte dos rituais de festejo (ThinkStock).




8 - A famosa franquia de filmes "Sexta-Feira 13" foi lançada em 1980 e teve seu último episódio lançado em 2009. Foram 12 (quase!) filmes lançados desde então e, no total, eles registraram nada menos do que 192 mortes. O recordista é a parte 5, na qual 22 pessoas foram assassinadas pelo Jason (Reprodução)

9 - Se sexta-feira 13 já é motivo suficiente de azar, cruzar com um gato preto neste dia só deve piorar as coisas. E foi por isso que, em 1939, pessoas do estado de Indiana, nos EUA, penduraram sininhos nos pescoços desses bichos em uma sexta 13. Se alguém ouvisse o barulho, era só tomar a outra direção

10 - Se você quiser saber quais meses terão sexta-feira 13, é só procurar aqueles que começam em um domingo. Em 2013 isso aconteceu apenas em setembro e voltará a ocorrer só em dezembro

11 - Incomodado com os medos causados pela sexta-feira 13, um pastor de Middleton, nos EUA, resolveu usar o dia 13 de junho de 1913, uma sexta-feira, para promover casamentos de graça em sua paróquia. Tudo para deixar as pessoas mais a vontade para irem contra o seu medo

12 - Autor da ópera "O Barbeiro de Sevilha", o compositor Rossini era reconhecidamente muito supersticioso e morria de medo de sextas-feiras 13. Por ironia do destino, ele acabou morrendo em 13 de novembro de 1868... Isso mesmo, era sexta

13 - Só para não deixar a sexta-feira 13 sozinha no calendário, é bom falar que para os italianos o dia do azar é a sexta-feia 17. Outros países mantém o dia 13, mas ao invés da sexta escolhem a terça-feira. O resto do mundo, porém, prefere morrer de medo das sextas 13


Um comentário:

Dicas e sugestões serão bem vindas. Fique à vontade para comentar