segunda-feira, 13 de maio de 2013

Ex-ministro de Defesa do Canadá fala sobre extraterrestres vivendo entre nós

Assista este vídeo que não causará muito impacto em quem já está acostumado a ler sobre o assunto. Mas achei bem interessante o fato de ser uma declaração de um ex-ministro de defesa. Veja:

Um comentário:

  1. boa noite eu aquerdito que exista criaturas de outro mundo (extraterrestres) e que devem ter boas intençoes mas tem de se ter em causa que podem nao ser extraterrestres pode até pessoas que nao sao humanas e vivem na terra podem estar a fazer isto para asustar as pessoas para lhes dár uma liçao mas eu acho que sim existem extraterrestres e gostava imenso de falar com eles !!!!! mas aquerdito que um dia a verdade verá ao deçima já tentei contactar com esses extraterres e nao consegui mas vou conseguir e podem haver extraterrestres a viver entre os humanos mas tenham cuidado pois o que parece nao é e eu presiso da ajuda deles e nao existe só extraterrestres se é que existem existem pessoas por fora sao iguais aos humanos mas tem poderes e eu tenho a vida estragada por causa dessas pessoas nao sao extraterrestres disso tenho acertesa e se poder ser se poracaso soberem de alguem que consiga falar com os extraterrestres pessam á pessoa que uma rapariga presisa de falar com eles e que nao tem medo deles apenas quer ajuda e nao tem nada a perder!!! chamo me carolina os extraterrestres que me procurem mas eu sei que isso nao vai acondecer pois nimguem lhes vai disser que quero falar com eles eu á meses que nao falo com pessoas sem estarem ipnotizadas e queria falar com esses seres para perguntar se me podiam ajudar e vou disser que essas pessoas que me estragaram a vida nao sao humanas vivem cá na terra tentam viver como humanos mas nao o sao e nao sao extratrerrestres se fossem eu já estava virada contra esses extraterrestres pois nao sao bons mas nao o sao !!!! eu nao tenho esperanças de conseguir falar com eles eu ja nao tenho esperanças de nada !!!!!

    ResponderExcluir

Dicas e sugestões serão bem vindas. Fique à vontade para comentar