terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

E se a Lua não existisse?




A Lua faz as estações do ano cairem sempre na mesma época. Sem ela, então, não haveria o Carnaval, que nasceu como uma festa para celebrar o fim do inverno no hemisfério norte. 

 Não se sabe exatamente como nem quando ela surgiu, há quem diga que ela foi colocada lá por uma raça de extraterrestres milhares (ou milhões) de anos mais evoluídas que a nossa, assim como várias outras explicações que mais adiante serão assunto para outros posts, mas sabe-se que sem ela a Terra giraria em torno de 6 vezes mais rápido, ou seja, os dias durariam mais ou menos 4 horas. 
O fenômeno é difícil de visualizar, mas funciona assim: a força das marés cria um atrito entre a água do mar e o leito do oceano. Atrito gera calor (igual a quando você esfrega as mãos). Mas esse calor não vem do nada. Quando ele se dissipa, faz com que a própria Terra perca energia e passe a girar mais devagar. O efeito disso é que a cada ano a rotação da Terra fica 2 milésimos de segundo mais lenta, o que significa que os dias ficam 2 milésimos de segundo mais longos. O que significa que a Terra gira cada vez mais devagar e que daqui a alguns milhões de anos ela vai parar, isso se ela ainda existir, né?





A Lua está se afastando da Terra a uma velocidade de 4 centímetros por ano. Sua influência por aqui diminui devagar e sempre. Então, quando ela estiver longe o bastante, já vai ter feito os dias ficarem 48 vezes mais longos que os de hoje. Será tanto tempo de sol durante o dia que a temperatura vai bater nos 400 ºC, como acontece em Vênus. Isso mesmo, ela fez a Terra desacelerar, mas agora que está se afastando, faz com que a Terra gire ainda mais devagar. 
Difícil de entender? É, também achei, mas voltemos ao assunto do post.


1- Sem a Lua as marés ficariam 1/3 mais fracas (só a gravidade do Sol puxaria o mar). Desse jeito, a vida complexa poderia não ter migrado dos oceanos para a terra, nossos ancestrais eram anfíbios que viviam em pântanos formados pelas marés.

2- Nosso calendário não teria sentido algum, ou melhor, nunca teira sido criado. Nós dividimos o ano em meses porque esse é (aproximadamente) o tempo que a Lua demora para dar uma volta na Terra. E os meses têm em média 4 semanas por causa das 4 fases da Lua (nova, crescente, cheia e minguante). Sem ela, nossos ancestrais só teriam o Sol e as estrelas para contar o tempo.

3- Sem a Lua por perto, o planeta giraria mais rápido, certo? A rotação do planeta é o que faz os furacões girarem, e com a velocidade mais alta, eles se formariam mais rápido e com muito mais força, o que causaria tempestades mais frequentes e devastadoras.

4- Duas horas de sol, duas horas de noite e pronto. Com a Terra girando mais rápido, os dias durariam quase nada: seis vezes menos que hoje. Um ano teria 2 191 dias. Era assim antes de a Lua surgir. 
No mundo real, com ela sobre a nossa cabeça, freando a Terra, um ano terá só 7 dias e meio daqui a 4 bilhões de anos.

5- Não dá para saber como seria a vida com dias de 4 horas. Boa parte dos seres dorme à noite e fica acordado de dia (ou vice-versa). Acelerar essa alternância equivale a fazer o corpo funcionar com mais velocidade, ter um metabolismo mais rápido. E é lei: quanto maior o metabolismo, menor o tempo de vida. Poderíamos chegar aos 20 com corpinho de 60.

6- A data em que cada estação do ano começa mudaria sempre. O que determina as estações é a inclinação da Terra, e quem deixa essa inclinação estável é a Lua. Sem ela o planeta bambearia. Aí, numa época o verão começaria em julho, noutra, em fevereiro... E não existiriam datas comemorativas ligadas às estações, como o Carnaval e o NATAL, que era uma festa para marcar a noite mais longa do ano no hemisfério norte.

Sim!!!! O Natal já existia muito tempo antes de Jesus Cristo nascer!!! Mas isso é assunto para um outro post.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dicas e sugestões serão bem vindas. Fique à vontade para comentar